segunda-feira, janeiro 12, 2009

Portishead - Undenied

O iPod tem destas coisas maravilhosas, no meio de tanto lixo que tenho lá dentro que faz que quando o tenho no shuffle de todas as músicas que lá estão (neste momento são 4448 e ainda tenho milhentas para lá por) esteja constantemente a carregar no botão de passar para a próxima música ou porque não conheço a música que está a começar e nem começo a ouvir, ou porque só me apetece chegar a uma música que efectivamente conheça e, sendo assim aquela parte da roda é a mais gasta, é a que está mais para baixo... mas às vezes não carrego nesse infame botão, às vezes deixo tocar e às vezes acontecem aquelas pequenas maravilhas de ficar fascinado com aquela música e o botão que carrego é o oposto ao habitual e carrego no para trás e volto a ouvir a música para tentar perceber melhor a letra e juntar conteúdo à musicalidade depois volto a carregar para trás para aprofundar o sentimento e assim nascem as minhas paixões musicais acidentais como outras que já postei aqui, hoje chega uma música de uma banda que eu gosto mas que não conheço profundamente e que por esse motivo não conhecia esta música, mas foi só preciso ouvi-la 1 vez... entrou na galeria das 5 estrelas... espero que gostem!

(o música é de 1997 do 2º albúm chamado Portishead, mas o vídeo é do albúm ao vivo de 1998 Live ate Roseland NYC)

Música: Undenied
Banda : Portishead
Albúm : Portishead
Ano : 1997




"Your softly spoken words
Release my whole desire
Undenied
Totally
And so bare is my heart, I can't hide
And so where does my heart, belong

Beneath your tender touch
My senses can't divide
Ohh so strong
My desire
For so bare is my heart, I can't hide
And so where does my heart, belong

Now that I've found you
And seen behind those eyes
How can I
Carry on
For so bare is my heart, I can't hide
And so where does my heart, belong
Belong
Belong
Belong"

1 comentário:

Cláudia disse...

Vês como eu tinha razão? Que nos ensinas coisas interessantes e bonitas nos teus posts?

Já conhecia este álbum há tanto tempo e nunca tinha prestado grande atenção a esta música... até hoje! ;)

É linda sim senhor. E tem uma letra... o que dizer? Daquelas que nos despem a alma!

Agora não percas o ritmo e continua a postar, ok? E já agora visitar os blogs amigos e deixar um comentário de meio em meio ano também não será pedir demais, não? :)

Beijinhos embalados pela melodia.
Fica bem. ***